1ª Etapa do Campeonato Brasileiro e Open Internacional de Parapente - Valadares Open 2015


O Evento

A AVLI – Associação de Voo Livre Ibituruna, novamente se esforça para promover mais uma festa do Voo Livre. Escolhida em votação pela maioria dos pilotos do Brasil, para organizar novamente a 1ª Etapa do Campeonato Brasileiro e Open Internacional de Parapente - Valadares Open 2015, no Pico do Ibituruna, no período de 28 de Fevereiro ao dia 07 de março, se consagra como um dos melhores organizadores de campeonatos de Voo Livre do Brasil. Para nós diretores da AVLI, que fazemos todo este trabalho por amor ao Voo Livre, não temos palavras para descrever a nossa grande satisfação em receber novamente em nossa cidade os melhores pilotos do Brasil e do mundo, que iram colorindo nossas rampas e os céus com suas maquinas de voar.

Nos da diretoria da AVLI, em parceria com a ABVL, Prefeitura Municipal de Governador Valadares, COMTUR –GV - Comissão Municipal de Turismo e empresários locais, convidamos a todos para esta grande festa.

Abel Brasil
Presidente da AVLI

Parceiros

               
           
           


Programação

28 de Fevereiro
às 10 horas, Subida ao Pico da Ibituruna - Treino
às 20 horas, Breafing de segurança
Local: A Definir
às 21 horas, Coquetel de Abertura
Local: Salão de Festas do Teatro Atiaia - Av. Brasil, 2920

01 à 03 de março
de 9 ás 10 horas – Transporte na praça do Banco do Brasil
Provas
Local: Pico da Ibituruna

03 de março
às 20h – Jantar
Local: Bar do Xandão (Rua Suassuí, 108, na Ilha dos Araújos)

07 de março
Entrega dos prêmios e troféus
Local: Bar do Xandão (Rua Suassuí, 108, na Ilha dos Araújos)

Inscrição

As inscrições abrirão até o dia 02 de Janeiro e poderão ser feitas através do site da ABVL dentro da área de cadastro de cada piloto, clicando em “CAMPEONATOS” na barra superior.
Alternativamente você poderá ter acesso através do link: http://www.abvl.com.br/login/comps/ inserindo seu CPF e senha.
Conforme determinado na reunião da ABVL em Andradas, ao todo serão 120 vagas para o evento e as inscrições atenderão aos seguintes critérios:

VAGAS
- 40 vagas pelo Ranking Brasileiro
- 20 vagas para pilotos estrangeiros (exigência da FAI para eventos FAI 2)
- 20 Vagas para as Federações estaduais
- 35 Vagas Livres
- 05 Wild Cards da ABVL

As vagas para as Federações Estaduais serão distribuídas proporcionalmente ao número de associados que cada estado possui na ABVL, ou seja, quanto mais associados o estado tiver, mais vagas terá direito.
A aferição dos inscritos por Federação Estadual será efetuada no dia 25 de Janeiro.
Caberá a cada estado definir os critérios de distribuição das vagas a seus federados.

VALORES
O valor das inscrições para o Brasileiro de 2015 permanecerão os mesmos de 2014 com os seguintes prazos:
- Até 02 de Fevereiro -> R$ 450
- De 03 a 14 de Fevereiro -> R$ 500
- De 15 a 28 de Fevereiro -> 550
- No local -> R$ 600

PRAZOS
- Vagas reservadas para o ranking Brasileiro -> Confirmação até 30 dias antes do evento (Dia 31 de de Janeiro)
- Vagas reservadas para as Federações Estaduais -> Confirmação até 30 dias antes do evento (Dia 31 de Janeiro)
- Vagas para Estrangeiros -> Reserva de Vagas até 15 dias antes do evento (exigência FAI)
Obs.: Os pilotos que não confirmarem suas vagas até o prazo estabelecido, cederão seus lugares para os próximos da lista de espera.

CONDIÇÕES
- Ser no mínimo nível 3 para participar
- Estar em dia com a anuidade 2015 da ABVL
- A disponibilidade de vagas e lista de espera, respeitará a ordem cronológica das inscrições e pré-inscrições.

DESISTÊNCIAS E CANCELAMENTOS
O piloto que confirmar sua inscrição e não puder comparecer ao evento obedecerá aos seguintes critérios de reembolso:
- Não é permitida a transferência de vaga para outros pilotos
- O piloto que desistir cederá a vaga para o primeiro piloto da lista de espera.
- Cancelamento até 30 dias antes do evento -> Devolução integral da inscrição
- Cancelamento até 10 dias antes do evento > Devolução de 50% da inscrição
- Cancelamentos com menos de 10 dias do evento -> Não há devolução
- Os reembolsos serão efetuados 7 dias após o encerramento do evento.

A lista de inscritos bem como a lista de espera estará disponível constantemente no site da ABVL.

Veja neste link como ficou o ranking do campeonato brasileiro de parapente de 2014.

Qualquer dúvida favor entrar em contato através do email: contato@abvl.com.br

Resultados

01/03/2015 - Open / Sport / Feminino
02/03/2015 - Open / Sport / Feminino
03/03/2015 - Open / Sport / Feminino
04/03/2015 - Prova cancelada
05/03/2015 - Open / Sport / Feminino
06/03/2015 - Open / Sport / Feminino
07/03/2015 - Open / Sport / Feminino

Veja também o resultado parcial com as provas já corridas:
Open / Sport / Feminino

Fonte: ABVL

Como Chegar


Exibir mapa ampliado

QG:
Realminas Hotel e Restaurante (www.realminas.com.br)

Praça Serra Lima, 607 – Fone: +55 33 3271-6751


Lá os pilotos e imprensa encontrarão todas as informações relativas à competição, tais como: programação, horários, resultados, previsões meteorológicas etc.
A confirmação das inscrições, assinatura de termo de responsabilidade, recebimento do kit de pilotos (camisas, mapa, crachá, numeral de vela, adesivos de capacete, brindes, etc) e upload Waypoints GPS, será realizado das 16:30h as 20:30h do sábado, 28 de fevereiro, no QG do evento, no 2º andar do Hotel Real Minas.

Hospedagem

HOTEL REALMINAS +55 33 3271-6751
PANORAMA CENTER HOTEL +55 33 3271-7840
HOTEL EVEREST +55 33 3202-8050
GV CENTER HOTEL +55 33 2101-8440
HOTEL SÃO SALVADOR +55 33 3279-4200
HOTEL DA ILHA +55 33 3275-2071
HOTEL SERRA LIMA +55 33 3272-2003
HOTEL GPH +55 33 3271-7475
BENVENUTO PALACE HOTEL +55 33 3278-3755
POUSADA JEITO DE MINAS +55 33 3276-7797
HOTEL IBITURUNA +55 33 3202-9999


Mapas / GPS


Faça o download dos arquivos clicando aqui ou acesse: http://zrsistemas.com.br/inscricoes/gv2015/waypoints/.


Regulamento

A primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Parapente 2015 em Valadares se aproxima. Informe-se e leia o regulamento local do Campeonato com as informações gerais sobre a Etapa. Veja abaixo:

De 01 a 07 de Março
Gov. Valadares/MG

Organização Local:
AVLI – Associação de Vôo Livre Ibituruna
Website: www.avli.com.br
Face: www.facebook.com/avligv

Supervisão Geral do Circuito:
ABVL – Associação Brasileira de Vôo Livre
Website: www.abvl.net

QG da Competição:
O QG da competição funcionará diariamente no Hotel Real Minas, 2ª andar.
Endereço: Praça Serra Lima, 607, Governador Valadares – MG
Fone (33) 3271-6751

Inscrições:
As inscrições para o Campeonato Brasileiro de Parapente estão sendo realizadas desde o dia 02 de janeiro no site da ABVL.
Ver informações sobre valores, vagas, prazos, desistências, etc, em: http://www.abvl.net/inscricoes-para-o-brasileiro-de-parapente-abrem-no-dia-21/

Exigência:
- Ser no mínimo Nível 3 para participar
- Estar em dia com a anuidade 2015 da ABVL
Obs.: Carteira FAI será adotada como item obrigatório para 2016 para que o piloto possa se inscrever no campeonato brasileiro.

Lista de Inscritos e Status:
www.abvl.com.br/campeonatos.php

Confirmação das Inscrições
O processo de confirmação das inscrições, assinatura do termo de responsabilidade e “aceite” do Regulamento, upload de GPS, checagem do peso do piloto e equipamentos (segundo reserva para os duas linhas e “kit CCC”), distribuição do kit da competição (mapa, adesivos, camisa, etc) ocorrerá no sábado 28 de fevereiro, das 16 às 20h, no QG da Competição, Hotel Real Minas – 2º andar.

Briefing de Segurança
No primeiro dia de prova, 01 de março, será realizado às 10h, na área da decolagem, um briefing de segurança sobre as particularidades do local, apresentação da estrutura, logística e segurança (Bombeiros, SAMU, ambulâncias, Polícia etc) e staff da competição. Condições climáticas previstas, regulamento (dúvidas e aplicações) também serão abordados.
É obrigatória a presença de todos os pilotos, comprovada mediante assinatura de lista de presença.

OBSERVAÇÕES SOBRE O REGULAMENTO GERAL:
O Regulamento do Campeonato Brasileiro de Parapente deve ser lido anteriormente pelo piloto inscrito na íntegra.
É de inteira responsabilidade do piloto inscrito submeter-se às penalidades contidas no Regulamento uma vez não respeitada qualquer uma das normas e diretrizes nele previamente determinadas, com atenção especial a pontos como:
(Em caso de dúvidas entre em contato com os telefones indicados ao final.)

Categorias na Competição
Somente serão permitidas velas homologadas. O campeonato será dividido em 03 categorias: “OPEN” abrange todas as velas homologadas, a categoria “SPORT” abrange todas as velas “C, B e A” e “FEMININO”.

Velas
Todas as velas que foram adaptadas pelas fábricas para atenderem as normas da categoria “CCC”, devem OBRIGATORIAMENTE ser atualizadas para competirem.
Modelos como Boom 9, Ice 7 Pro e Enzo 2 tiveram “kit’s CCC” disponibilizados por seus fabricantes e devem ser atualizadas para poder competir. Pilotos com estas velas que não tiverem esta atualização não poderão competir.
Modelos como Enzo 1, Ice 6, entre outros, que não tiveram “kit CCC” disponibilizado por suas fábricas, não precisam da atualização.

Nota 1: Durante o sábado, 28 de fevereiro, quando do credenciamento, os pilotos que possuem Boom 9, Ice 7 Pro e Enzo 2 deverão apresentar para checagem seu equipamento com “kit’s CCC” já instalados.

Nota 2: Solicitamos que todos pilotos inscritos atualizem OBRIGATORIAMENTE os dados de sua vela (fabricante, modelo e cor) no seu Cadastro de Piloto no site da ABVL, pois os mesmos servirão de base para lista de checagem de equipamentos.


Checagem do Equipamento (Capacetes, Seletes e Reserva homologados)
A ABVL e a LBCP juntamente ao Diretor de Prova, elegerão uma comissão técnica composta de 03 pilotos (sendo um deles obrigatoriamente membro da LBCP) para inspeção dos equipamentos. Diariamente serão checados os primeiros de cada categoria e aleatoriamente a TODOS até o final da competição. Cada piloto deverá obrigatoriamente apresentar junto a esta comissão, sempre que solicitado, a ficha técnica de seu equipamento com os dados referentes ao mapa de linhas e o projeto dos tirantes.

Itens que serão checados conforme critérios adotados pela FAI/PWC:
- Não poderá haver modificações no sistema do acelerador;
- Não poderá haver modificações nas estruturas homologadas junto ao conjunto da vela, ou seja: tirantes, trimmers, etc…;
- Capacetes devem ser certificados de acordo com a norma EN 966, ASTM 2040 ou SNEL rs98.
- Seletes devem ser homologadas conforme as determinações FAI (http://www.fai.org/civl-our-sport/safety/161-civl/31644-paraglidingharnesses-and-back-protectors) – A selete deverá constar dentre as listadas no link acima da FAI ;
- Reservas devem ser homologados.

Nota: É de única e exclusiva responsabilidade do piloto verificar e certificar-se que seu equipamento encontra-se dentro das normas e condições exigidas neste Regulamento.

Irregularidades em equipamentos
Quaisquer irregularidades apresentadas no equipamento utilizado pelo piloto, mesmo que posterior à competição, este será punido com sua desclassificação automática e seus pontos zerados.

Denúncias de irregularidades
Se verificado por um ou mais competidores algum tipo de irregularidade nos equipamentos de outro competidor e o mesmo ainda não tenha sido convocado pela Comissão de Verificação de equipamentos, tal denuncia deverá ser formalizada à comissão, através do preenchimento e assinatura de um formulário fornecido pelo Diretor de Provas.
Sendo assim, denúncias anônimas não serão aceitas.
Utilização do “SPOT” ou qualquer sistema similar de localização via satélite
Será obrigatório para 2015 o uso de dispositivo tipo spot ou qualquer outro sistema de rastreamento via satélite como item de segurança obrigatório.
Os pilotos deverão configurar seu equipamento para envio de mensagem, report de pouso OK, para o fone +55 81 8125 6292 contendo seu nome e numero na competição. Exemplo: Piloto 99, João da Silva, pousado ok.

Obs.: A confirmação de inscrição na etapa, no sábado 28 de fevereiro, será validada somente após informação do link do seu dispositivo de rastreamento e de um “report” teste de OK para o numero acima disponibilizado pela organização.

Utilização Segundo Reserva
O piloto que voar a vela do tipo “2 lines” (duas linhas), deverá obrigatoriamente voar com seletes HOMOLOGADAS com sistema para se usar 02 reservas (ver lista de seletes homologadas acima), com comandos acessíveis para ambas as mãos.

Algumas Penalidades Previstas no Regulamento
- Não utilização equipamentos de segurança obrigatório (Spot, radio, capacete, selete e reserva homologados)
- Não assinatura lista presença obrigatória.
- Não comunicação do Report Back obrigatório, até 30min após pouso (via sistema localização satélite (Spot), SMS e/ou Whatsapp – radio SÓ para casos de emergência e/ou auxilio no resgate).
- Não cumprir as rígidas regras de tráfego aéreo (comportamento perigoso).
- Realizar voos proibidos em nuvens.
- Voar fora do limite máximo de lastro e peso homologação equipamento.
- Atitude Antidesportiva
- Eliminação de Piloto que modificar seu equipamento fora dos padrões determinadas pelo fabricante e aceitos pelo regulamento (vela, linhas, tirantes)

Comissão de Protesto
No ato da inscrição serão levados ao conhecimento dos pilotos os três membros da comissão de protesto. Esta comissão será soberana e decidirá pela execução ou não do objeto protestado.

Comissão de prova
A Comissão de Prova será formada pela organização, que irá escolher de 03 a 05 pilotos experientes com conhecimento do local. Um desses pilotos da comissão de prova deverá ser obrigatoriamente da categoria Sport.

Adesivo Numeral no Velame e Capacete
Todo piloto inscrito terá obrigatoriamente seu numeral destacado no velame. Este número, na cor preta, com altura vertical de 50cm e largura de linha de 5cm, será conforme posição do piloto no ranking de 2014.
Para conferir sua posição no ranking, acesse: http://www.abvl.com.br/compes/competicao-7/RESULTADOS/RANKING.html
O custo de produção dos numerais será providenciado e pago pela organização do evento.
Este numeral adesivo deverá ser colocado no intradorso, no centro da vela, na porção dianteira (próximo ao bordo de ataque).
Também será obrigatória a utilização do adesivo de identificação da competição no capacete, para que o piloto tenha acesso à área de decolagem.

Formato de Coordenadas e Freqüências As coordenadas da competição estarão no formato hddd.ddddd° (só grau), WGS84.
As freqüências de rádio VHF 2m serão:
- Freqüência de Auxilio ao Resgate 145.720 MHz
- Freqüência de Voo 145.690 MHz
- Freqüência da Organização 144.430 MHz

Restrições de Espaço Aéreo
O sobrevôo da região central da cidade de Governador Valadares, ao noroeste do pouso oficial da Feira da Paz, coordenada G02 S 18.8585780° / W 41.9415590° é proibido (área de aproximação de aviões).
Considera-se área restrita aquela constante em um raio de 3km (três kms), contados do centro da pista de rolamento do Aeroporto de Governador Valadares, coordenada R01 S 8.8969680° / W 41.9837170°.

Obs.: Somente serão considerados válidos os voos que não invadirem esse espaço aéreo.

Marcação de Vôo
A marcação de voo ocorrerá diariamente, das 17h às 20h, no QG da competição, Hotel Real Minas, 2º andar.

Pontuação
A fórmula utilizada para o cálculo dos pontos será a PWC2014.

Publicação dos resultados
Serão publicados diariamente, a partir das 21h, no site da ABVL (www.abvl.net) e no “quadro de resultados” no QG da Competição – Hotel Real Minas.

Obs.: É considerado resultado válido somente o resultado que for pregado no quadro de avisos e resultados da competição. Resultados provisório divulgados na internet, sites, listas e etc., não serão considerados como definitivos e não poderão ser tomados como base de tempo para protestos.

Descartes por Etapa
Os descartes por etapa seguirão os critérios adotados de acordo com o REGULAMENTO PWC 2014 e utilizado pela FAI no ultimo Mundial da Colômbia.
O descarte será a cada prova, onde será descartado 25% (vinte e cinco por cento), a cada dia sobre a prova onde o piloto teve maior diferença de pontuação entre sua pontuação e a pontuação do primeiro colocado (ver mais detalhes no texto do Regulamento).
O cálculo acima é feito automaticamente pelo programa usando a fórmula PWC2014. (http://pwca.org/sites/default/files/Attachement-page/PWCA%20Competition%20Rules%202014.pdf – página C11).

Premiação da Etapa
A premiação para Etapa de Governador Valadares terá valor total de R$ 10mil (dez mil reais), assim distribuída:
Classe Serial Open
1° colocado – troféu + R$ 2.300,00
2° colocado – troféu + R$ 1.700,00
3° colocado – troféu + R$ 1.000,00
4° colocado – troféu
5° colocado – troféu
6º colocado – medalha
7º colocado – medalha
8º colocado – medalha
9º colocado – medalha
10º colocado – medalha

Classe Serial Sport
1° colocado – troféu + R$ 2.000,00
2° colocado – troféu + R$ 1.500,00
3° colocado – troféu + R$ 1.000,00
4º colocado – medalha
5º colocado – medalha
6º colocado – medalha
7º colocado – medalha
8º colocado – medalha
9º colocado – medalha
10º colocado – medalha

Feminino
1° colocado – troféu + R$ 500,00
2° colocado – troféu
3° colocado – troféu

Obs.: Terá direito à premiação, somente o atleta que estiver presente na cerimônia de encerramento na hora e local marcado pelos organizadores. O atleta que não estiver no local da entrega da premiação não terá direito reclamar seu prêmio posteriormente.

Pilotos de fora da competição e Birutas
Os pilotos não inscritos na competição são sempre bem vindos a Valadares.
Porem, durante os dias de prova, os pilotos não inscritos só poderão decolar até 30 minutos antes ou logo após a abertura do start da competição (algo como decolar até as 11:40h ou depois das 13:30h).
Os pilotos que desejem se inscrever como “birutas” devem procurar o Diretor de Prova (ver abaixo), no dia da competição, para apresentar sua Habilitação (mínimo Nível 3), assinar termo especifico e seguir as regras as quais estarão subordinados (decolar na hora determinada, voar na frequência da organização, não voar a rota da prova, etc).
Serão inscritos apenas 15 (quinze) pilotos “birutas” por dia. Estes não terão direito aos veículos de subida a rampa e resgate.

Integram o Staff da Competição:
ORGANIZADOR GERAL – Abel Couto Brasil
DIRETOR TÉCNICO ABVL – André Fleury
DIRETOR DE PROVAS e COORDENADOR DE RESGATE – Dioclécio Rosendo “Dió”
APURADOR – Zenilson Rocha
COORDENADORES DE DECOLAGEM – Bill Lock, Marcelo Souza e Wanderson Jesus
COORDENADOR DE GOL – Agnal Lopes “Chispito”
AUXILIAR DE SAÚDE – Mauricio Cassimiro
COORDENADOR DE MÍDIA e FOTOGRAFO – Ailton Catão


Dúvidas?

Tire suas dúvidas por meio de nossa página de contato ou:

ORGANIZADOR GERAL – Abel Couto Brasil
Telefone: +55 (33) 8850 0550
E-mail: revoar@yahoo.com

ASSESSOR DE IMPRENSA – Ailton Catão
Telefone: +55 (33) 8440 4970
E-mail: cataobr@gmail.com

DIRETOR DE PROVA – Dioclécio Rosendo
Telefone: +55 (33) 9974 1770
Whatsapp: +55 (85) 9622 8846
E-mail: diocleciofilho@hotmail.com

Mais notícias em:
http://facebook.com/avligv
http://gvskies.blogspot.com.br